Oportunidades para servidores efetivos com conhecimento ou formação em:
 
 
 
Ampliar!
Em Gois, FCO fez mais de R$ 2 bi em contrataes
apenas no primeiro ano do governo Marconi Perillo

O governador Marconi Perillo e o secretrio de estado de Indstria e Comrcio, Alexandre Baldy, e o secretrio executivo do FCO, Orcino Gonalves, apresentaram imprensa e a polticos, convidados, no Palcio das Esmeraldas, os resultados positivos registrados pelo Fundo no ano de 2012.
Contrariando todas as previses econmicas dos demais estados brasileiros, onde foram constatadas retraes em diferentes nveis e o PIB nacional apresentou valor 3,5% menor em 2011, o estado de Gois surpreendeu mais uma vez, mantendo o comportamento positivo em relao aos setores da economia. Somente no primeiro ano do governo Marconi Perillo, as contrataes no FCO-Fundo Constitucional do Centro-Oeste cresceram 30,41% em relao ao mesmo perodo de 2010. Foram fechados contratos de mais de R$ 2 bi em 2011, que superaram os nmeros de R$ 2010, cujo montante ficou na casa dos R$ 1,5 bi.
Outra comparao positiva a ser feita, com base na procura pelo FCO no estado goiano, que em toda a regio Centro-Oeste os valores dos contratos realizados para os quatro estados totalizou R$ 5,5 bi, e Gois destacou-se superando os demais em 37% desse total, contratando para seus tomadores quase a metade desse montante, ou seja, R$ 2.064.402.000,00.
Uma informao otimista que reflete o bom momento da economia goiana, bem como o otimismo do setor produtivo, que busca financiamentos para bens de servios necessrios implantao de seus projetos. uma constatao de investimento e confiana na proposta de crescimento apresentada pelo Governo de Gois, resultando no valor dos emprstimos do FCO em 2011, de mais de R$ 2 bilhes, que representam 17% do total dos valores contratados pelo Fundo desde de sua criao em 1989, hoje na casa dos R$ 12 bilhes.
Estes resultados revelam a movimentao do empresariado dos setores rurais ou agropecurios, que isoladamente ou cooperados do sistema de produo familiar, ligados a sistema de integrao a unidades de processamento ou comercializao e sistemas de produo em assentamentos oficializados pelo INCRA, associaes e cooperativas de produo, pessoas jurdicas, empresas individuais de direito privado voltadas produo industrial, agropecuria, agroindustrial, mineral ou turstica, para os quais o Fundo se destina, todos esto confiantes nesta busca ao Fundo Constitucional do Centro-Oeste, uma importante ferramenta gerida pelo Banco do Brasil, que se constitui de dotaes do Imposto de Renda e do Imposto de Produtos Industrializados-IPI.
Estes recursos so emprestados a partir de processo de avaliao de projetos apresentados ao Banco do Brasil, que opera a juros abaixo das taxas de mercado e amortizao de longo prazo, como forma de estmulo aos setores produtivos. E um dos reflexos mais significativos dessa aceitao do programa do Governo federal, voltado para a produo goiana a gerao e manuteno de empregos em vrios nveis, que em 2011 chegou aos 207.793 empregos, para os 191.024 vagas criadas e mantidas no ano anterior, 2010. Foram 16.769 empregos a mais no ano passado. Nos demais estados da regio Centro-Oeste, foram os seguintes os ndices de contrataes em 2011: Distrito Federal+ 7%; Mato Grosso do Sul: 21% e Mato Grosso: 34%, menores portanto que os 37% tomados pelos setores produtivos de Gois.
Durante o evento, o governador Marconi Perillo reiterou o empenho do Governo de Gois pela consolidao do projeto do 'trem-pequi', a modal frrea de transporte de passageiros, que ligar Gois ao Distrito Federal, no trecho Anpolis-Braslia, dando nfase ao discurso do presidente da Sudeco, Marcelo Dourado, especialmente convidado para o evento,cuja disposio e proposta de ver construda a modal frrea entre Luzinia e Braslia, em vias de licitao e que transformar a regio do Entorno.

Fotos: Jayr Incio
 
Data: 28-02-2012
Autor: Jornalista Vera Lucia Fonseca MTBr 0523JP
Fonte: Comunicao Setorial da SIC
 
Copyright © 2008-2011 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Indústria e Comércio - Unidade de Tecnologia da Informação.